Problemas ortopédicos são maiores causas de afastamento no trabalho
13/06/2018
Flix Entrevista traz novidades para essa reta final de semestre
21/06/2018

Cuidados necessários com a voz no atendimento ao cliente

O atendimento ao cliente muitas vezes pode ser crucial para que ele fique satisfeito e conclua a compra na loja. Mas, geralmente, poucos se preocupam em aperfeiçoar essa questão. Entre os principais cuidados que o varejista ou funcionários devem ter estão relacionados à voz.

Muito embora haja aquele pensamento de que apenas profissionais que lidam diretamente com a voz – como cantores e atendentes de telemarketing – devem priorizar esses cuidados, se engana quem trabalha diretamente com as vendas.

Em entrevista ao quadro Flix Entrevista, a fonoaudióloga Aroania Lopes dá algumas orientações e reforça a importância da boa linguagem, tom e dicção para tratar com o consumidor no ambiente de trabalho.

Segundo a especialista, é importante que o vendedor esteja atento caso comece a sentir algum desconforto vocal e isso passe a ser um constrangimento na hora de atender o cliente.

“Para esse público de vendas, que fala muito, acho que tem que pensar em falar num tom adequado. Não deve se falar muito alto, porque além de ser muito desagradável para o ouvinte também acaba comprometendo as pregas vocais, resultando na rouquidão”, exemplificou.

A falta de uma alimentação correta também pode ocasionar problemas vocais por causa das doenças gástricas e o refluxo gastroesofágico, que pode queimar literalmente as cordas. Quando isso acontece, alguns sintomas começam a sinalizar o problema vocal como é o caso da voz rouca ou falha, irritação, ardor e até mesmo o pigarro.

Além da alimentação, ingerir água ao longo do expediente é importante para manter o canal vocal hidratado. Ainda que nenhum alimento passe pela laringe – onde estão as pregas vocais – estudos comprovam que a água ingerida goteja sobre ela e acaba hidratando.

A linguagem

Mais do que se preocupar com a voz, é preciso se atentar à forma de falar e, principalmente, vender o produto ao consumidor. O vendedor precisa saber fornecer informações didáticas e evitar o máximo possível a linguagem técnica. A comunicação deve ser sempre muito clara para que o público possa entender de forma correta e satisfatória.

“A linguagem deve ser assertiva e isso envolve a expressão facial, a postura e olhar. Seja qual for o ramo de venda o cliente deve ser sempre recebido com uma voz adequada, um tom mais brando e sempre usando as palavras de maneira assertiva para que o cliente sinta-se acolhido e veja credibilidade no que você está falando”, ponderou a fonoaudióloga.

A comunicação assertiva é possível ser aderida até por quem não tem muita habilidade com o “dom das palavras”. Para isso, é importante buscar sempre mais informações sobre o assunto que vai falar ou do produto que irá vender para aumentar a capacidade de argumentação.

Outra dica é procurar se capacitar seja com cursos rápidos ou orientação de especialistas para aprender a dominar a fala.

Quer saber mais sobre o assunto e ter acesso exclusivo a dicas importantes sobre a postura vocal no ambiente de vendas? Assine o Flix do Varejo e assista à entrevista na íntegra! Aroania Lopes conta tudinho sobre os cuidados necessários com a voz para quem trabalha diariamente atendendo o consumidor.

Assine agora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *