Marcas próprias: economia sem abrir mão da qualidade
04/06/2018
Problemas ortopédicos são maiores causas de afastamento no trabalho
13/06/2018

Junho: mês de oportunidades no varejo brasileiro

Junho é considerado um mês mais do que favorável para o comércio brasileiro. Apostar nas tradicionais Festas Juninas, no Dia dos Namorados e na Copa do Mundo fará toda a diferença para impulsionar as vendas no varejo.

É preciso mergulhar nas oportunidades para garantir bons resultados e o primeiro passo para isso é focar a atenção para atingir seu público-alvo. Sabemos que consumidores estão cada vez mais exigentes e os varejistas devem ser cada vez mais criativos para chamar a atenção deles.

Estamos na Era da Experiência, onde o cliente dita as regras. Se ele gostou, irá te recomendar, do contrário as redes sociais estão aí para difundir essa expectativa negativa.

Em todos os casos, o varejista tem que se atentar à gestão do seu estoque e prazo de entrada dos produtos. Essa experiência pode ser o diferencial que fidelize, ou não, um cliente para futuras compras.

Dia dos Namorados

Criada para suprir a baixa das vendas no mês de junho, o Dia dos Namorados é a terceira data mais importante do comércio brasileiro, atrás do Natal e das Dia das Mães. A grande aposta deste ano são os segmentos de televisores, equipamentos de áudio, telecom e afins.

Os casais tecnológicos também não dispensam um novo smartphone. Em uma pesquisa realizada pelo Mercado Pago – sistema de pagamentos do Mercado Livre – ficou comprovado que os produtos mais procurados para o dia 12 de junho são os celulares (23%). Os computadores portáteis e compactos também caem na preferência de presentes desejados e que devem receber atenção nas vendas para o Dia dos Namorados.

Além das lojas físicas, o setor de e-commerce prevê um aumento no número de vendas. Segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), a estimativa de crescimento é de 10% no comércio online nas semanas que antecedem o dia 12 e junho.

Festa Junina

O tradicional arrasta pé é um dos momentos mais aguardados pelos brasileiros nos meses de junho e julho. Muita guloseima, como canjicada, arroz doce, quentão, milho cozido, paçoquinha e pé-de-moleque. A loja e todos os colaboradores precisam entrar no clima para deixar o consumidor bem à vontade e disposto às compras de produtos típicos para a festança.

Trabalhe para deixar sua loja com cara de festa junina, usando decorações com produtos típicos, como bandeirolas, balões, confetes e fitas coloridas. Alguns chapéus de palha e outros objetos do campo espalhados pelo ambiente também ajudarão a deixá-lo com um ar mais rústico.

Outra forma de atrair o público é desenvolver promoções temáticas e promover ações típicas de São João. Fazer algumas brincadeiras, distribuir comidas tradicionais dessas festas, entre outras atividades chamarão a atenção do público para sua loja.

Copa do Mundo

O que dizer do mercado de eletrônico durante a Copa do Mundo? Segundo pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas(CNDL), um terço dos micro e pequenos empresários dos ramos de serviços e comércio espera um aumento nas vendas por causa dos jogos da Copa, número em torno de 27% na comparação com maio.

Ainda segundo a pesquisa, dos comerciantes que investirão em estrutura durante os jogos, 42% pretendem investir em promoções para atrair os consumidores. Já 20% têm a intenção de ampliar seus estoques, outros 10% vão contratar mais funcionários.

Outros 37% vão decorar os estabelecimentos com bandeiras e cores do Brasil, 25% vão aproveitar para divulgar o negócio e 22% vão ampliar o portfólio de produtos. Foram ouvidos 800 empresários do comércio e do setor de serviços de todas as regiões do país.

Então se prepare, prepare o seu supermercado, pois essas três datas prometem movimentar o mercado de varejo e você não pode ficar de fora!

Assine agora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *